Cosme, Damião e Doum

Olá Pessoal, eu sou a Lili

No mês que de setembro próximo há a comemoração de São Cosme e São Damião, motivo pelo qual relevante é se dizer algo sobre eles.

São Cosme e São Damião são venerados como padroeiros dos médicos e farmacêuticos, e por causa da sua simplicidade e inocência também são invocados como protetores das crianças.

Como acontece com tantos outros santos, a vida dos santos gêmeos está mergulhada em lendas misturadas à história real. Segundo algumas fontes eles eram árabes e viveram na Silícia, às margens do Mediterrâneo, por volta do ano 300. Praticavam a medicina e curavam pessoas e animais, sem nunca cobrar nada, motivo pelo qual eram chamados de anárgiros, ou seja, aqueles que não são comprados por dinheiro.

O culto aos dois irmãos é muito antigo, havendo registros sobre eles desde o século V, que relatam à existência, em certas igrejas, de um óleo santo, que lhes levava o nome, que tinha o poder de curar doenças e dar filhos às mulheres estéreis.

Uma característica marcante na Umbanda e no Candomblé em relação às representações de São Cosme e São Damião é que junto aos dois santos católicos aparece uma criancinha vestida igual a eles. Essa criança é chamada de Doúm ou Idowu, que personifica as crianças com até sete (7) anos, sendo ele o protetor das crianças nessa faixa de idade.

Entre os adeptos da Umbanda, reza a crença de que para cada dois gêmeos que nascem, um terceiro não encarna neste mundo. Mas, embora não apareça de forma física, Doum também é venerado e respeitado como parte da família dos Ibejis, considerado “aquele que não veio”. Por isso, o mito de Doum também serve de consolo quando uma criança morre bebê ou ainda no ventre materno. Nesses casos, a partida é entendida como o retorno de um desses seres divinos ao mundo do qual não conseguiu se despedir. Mas por serem considerados espíritos infantis, os ibejis são muito confundidos com os erês, que na verdade são espíritos intermediários, mensageiros.

Existe também a crença popular, de que COSME E DAMIÃO. QUEM É DOUM? era filho de uma empregada da família dos gêmeos, Cosme e Damião e que morreu no dia seguinte ao martírio dos irmãos, e foi levado por eles que o amavam muito. É comum nas estampas de Cosme e Damião se incluir a figura de uma outra criança, que representa Doum.

Segue, em complemento, a Oração de São Cosme e São Damião, para atender às necessidades dos Irmãos que neles depositam sua fé.

cosme-damiao-e-doum-1

Anúncios

O Eremita por Mago Diego Santos

Ola, estão bem?

Como primeira coisa a se fazer, creio que é melhor me apresentar né?

Bom me chamo Diego e desde que era uma mera criança, um projeto de gente, sorria e corria sonhador315338_10200279771090804_1881779686_n pelos cantos, ruas e pela casa de minha avó rs, porém uma coisa sempre chegou a me marcar muito: a “Magia”, desde que me lembro consigo me lembrar que brincava de mago ou feiticeiro que conjurava e criava bolas de energia sempre defendendo as plantas que haviam na casa da minha avó.

Fui crescendo e também a magia dentro de mim, a curiosidade sempre foi uma qualidade que me marcou bastante e com o advento da Internet a vida de pesquisas ficaram mais acessíveis e então muitas descobertas.Com ajuda de amigos de certa forma “antigos” fui descobrindo coisas  sobre vidas passadas, que até então para mim era uma novidade que iria explicar e fazer entender muita coisa.

Sou Formado em Design Digital, pois quis juntar coisas que sempre gostei, desenho, fotografia e computador, descobri esse mundo novo do design que também pode ser muito mágico com todos seus efeitos, cores e formas diferentes de se encantar com o mundo.

Agora vamos falar de um pouco de Magia?

Bom hoje creio que a Magia é uma das coisas mais importantes no mundo, a magia é uma09-Classici coisa generalizada, pois TUDO é magia, amor, amizade, sinceridade, cura, maldade, inveja, entre tantas outras…

São essas coisas que alguns chamam de Energia, outros de Energia Universal, Pensamento, Sonen e tantos outros nomes.

Todos para uma mesma coisa, a Magia de cada um nem sempre é a mesma a do outro, todos temos dons diferentes e na magia não poderia ser diferente, alguns com afinidade para fazer feitiços e sortilégios, outros uma inclinação maior para poções e ainda sim que se encontre duas pessoas para poções, uma pode gostar de cura a outra de amor e por ai vai. A questão que não quer calar e que você se faz sempre, “Qual minha magia?”

Isso é uma coisa bem complexa, pois tem pessoas que já vem sabendo praticamente e outras que sabem, porém não estão prontas para desenvolver, mas tem pessoas que não sabe qual seu próprio dom, seu presente divino, e como descobrir?

Pergunte a si mesmo, o que me faz feliz, o que eu faço que abre meu sorriso, enche o coração de alegria, que você faz com amor, carinho e todo o empenho e o que faço que pode ajudar o maior numero de pessoas?

8382a10a98a4be443460e51c97858bd4

Bom, no meu caso achei na magia algumas coisas legais a se fazer, eu realizo Benzimentos Sagrados, faço caixas de Cura e em breve outras caixas como Proteção e Prosperidade. Com conhecimentos que possuo posso ensinar alguém que realmente queira estudar a Grande Arte e por ai vai, isso é o que enche meu ser com alegria, e muito mais Luz.

Encontre seu verdadeiro EU e o aprimore, estude, use e abuse desse ser bom e iluminado que tem em prol de uma causa maior!

Ajudar quem precisa é sempre válido. Use sua magia e de vida a sua vida!

Até a próxima sexta aqui no O Eremita

Abraços

Mago Diego Santos