O Presente é a Chave para CURA

Dificilmente alguém fala do momento presente: do que está fazendo, do que está 11070629_922817101085961_59799938458088432_nsentindo, de dificuldades que tem etc.

Como a fala é resultado do que está passando na cabeça da pessoa e, o que pensamos influencia como nos sentimos e nossos comportamentos, então podemos concluir que todo o funcionamento da pessoa estará alinhado e respondendo ao contexto em que ela escolhe se colocar (passado, presente ou futuro).

A treinadora e praticante master em programação neurolinguística Junia Bretas demonstra isso nesta frase: “Depressão é excesso de passado em nossas mentes. Ansiedade excesso de futuro. O momento presente é a chave para a cura de todos os males mentais”.

Com base nisso, você já se perguntou em que momento vive?

Se está preso ao passado, se queixando sobre ele, saudoso do que já foi, culpando-se por algo que tenha feito? E consequentemente triste, às vezes sem forças ou apático, choroso e até com depressão. Ou, de repente, se já está sempre se antecipando, perguntado-se a todo momento “E SE isso acontecer?”, “E SE aquilo não der certo?”, “E SE…”, “pré-ocupando-sílaba sagrada -om-. A repetição desta sílaba é provavelmente o mantra mais conhecido, que serve para causar um estado de tranquilidade e paz interior.se” e pensando repetidamente em como resolver os problemas que ainda nem chegaram? E, diante disso, apresentando uma respiração curta e rápida, taquicardia, tensões e dores musculares, agitação física e mental e possivelmente com algum transtorno ansioso como crise de pânico, transtorno de ansiedade generalizada etc.

Percebe o quanto suas escolhas influenciam e até determinam sua saúde e bem-estar? O porquê de viver no presente é tão importante e não somente uma frase-chavão. Por que práticas como ioga, relaxamento e meditação são cada vez mais recomendadas?

Não é difícil se perder do momento presente e ir parar no passado ou futuro, principalmente na realidade em que a maioria de nos vive hoje de muita correria, cobrança, coisas para fazer, estímulos por todo lado, competitividade, altas metas, prazos curtos etc.

Mas, quanto voce  e entrar no automático, mais doente, insatisfeito e infeliz  fica.. Fica atento, acordado e veja  para onde   esta direcionando   a sua vida . E tome as  rédeas dela , condicionando sozinho ou com auxilio de conhecidos (familiares, amigos, cônjuges) ou profissionais (psicoterapeutas, coachs, dentre outros) a viver mais no presente.

Uma dica muito boa para manter a mente no famoso aqui e agora é alternar respirações lentas e profundas com frases poderosas como ” eu estou no aqui e agora ” e ” sou senhor (a) dos meus pensamentos ” .  Indico inicialmente fazer este pequeno exercício todos os dias no minimo por 10 minutos, já  vai fazer um efeito muito bom . Auxilia voce a se centrar , alivia o stress e combate a depressão

Um beijo enorme .

Namasthe

Email- karantarologo@gmail.comWhatsApp- 11 99193.0015Skype- carlos_karanFacebook- Carlos Karan IIICursos Karan- 11 - 98420.2077 (1)

Anúncios

Andando por aí!

No último dia 10 Lili Percinoto e eu tivemos a oportunidade de compartilhar com os alunos do curso de Relações Públicas e Cinema da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) um pouco do Universo da Bruxaria e do nosso dia a dia. Ficamos muito felizes com o convite que surgiu através da página do Cartomantes de Sara no facebook, e com a receptividade de todos.  Foi muito interessante compartilhar nosso conhecimento com pessoas curiosas e interessadas em aprender mais. Galerinha  inteligente e com a mente aberta.

faap

MKK Web Rádio 12-05-2016 (3)No dia 12 estivemos na MKK Web Rádio num ping pong bacana atendendo os ouvintes, Lili com o tarô e eu com as runas. O bacana foi a sincronicidade com que levamos o programa, um oráculo complementando o outro dizendo exatamente a mesma coisa, cada um com sua particularidade e com sua essência. Você confere o programa AQUI!!!

E no final de semana estivemos na convenção de bruxas e magos em Paranapiacaba. Eu fui a passeio, RS. Mas Lili palestrou no sábado! O bate papo foi sobre feitiçaria, entre outras coisas. Nós gravamos, ou pelo menos tentamos. Assim que estiver pronto, postamos aqui. E no domingo teve o II Grande Encontro de Fadas – Green Faerie 2016. Você confere fotos e sobre do que se trata a tradição AQUI.

convenção 2016

Em breve teremos um post especial sobre os amuletos de cada signo.

Abraços

Ligia Raido 🙂

Mantras – Coluna Equilíbrio

11070629_922817101085961_59799938458088432_nOlá Bom dia, que ele seja bom o dia todo!

Meu Nome é Paulo Callegari e sou o novo colunista do Cartomantes de Sara e gostaria de me apresentar:

Sou Inciado em Magia. Tarólogo, Mestre em Pentagrama. Terapeuta Holístico formado em Reposição Energética, estudioso de assuntos esotéricos. Possuo conhecimentos de baralho cigano, Tarot, magia do pentagrama, magia natural, reiki usui, magia angelical, cura elemental, magia cigana e cristais e ervas. Apaixonado por ocultismo, por conta disso, participei de cursos como Baralho Cigano, Magia Cigana, Magia Natural e Tarot profissionalizante. Hoje me aprimorando e aprofundando cada vez mais para orientar e direcionar as pessoas a encontrar seu próprio caminho. Atendo consultas com Tarot, Baralho Cigano, reposição energética e aconselhamento terapêutico.

E hoje eu vim aqui falar de um assunto que todo mundo gosta: Mantras!

Mantra é um hino do hinduísmo e budismo, que é dito de forma repetida e tem como objetivo relaxar e induzir um estado de meditação em quem canta ou escuta. Um mantra é definido como um instrumento de pensamento.sílaba sagrada -om-. A repetição desta sílaba é provavelmente o mantra mais conhecido, que serve para causar um estado de tranquilidade e paz interior.

Os livros Veda contêm mantras que estão em sânscrito, são hinos métricos que servem de louvor aos deuses, podendo ser considerados como um tipo de oração ou encantamento . Os hinos (ou suktas) deram origem a coletâneas de mantras (sanhitas), que atravessaram o período bramânico e foram incluídos no budismo e posteriormente no budismo tibetano.

Um exemplo da eficácia de um mantra consiste na sílaba sagrada “om”. A repetição desta sílaba é provavelmente o mantra mais conhecido, que serve para causar um estado de tranquilidade e paz interior.

Os budistas atribuem um poder espiritual aos mantras, que são considerados textos sagrados. Os mantras foram escritos há milhares de anos atrás por mestres e gurus da Índia. Existem vários tipos de mantra, que podem influenciar positivamente uma pessoa em diferentes áreas, como relacionamentos, saúde, dinheiro, prosperidade, etc. Um dos mantras mais conhecidos para atrair dinheiro e prosperidade é o Kubera.

Gostaram? Sexta feira tem mais na coluna Equilíbrio.

Otimo final de samana e Namastê!

Paulo

Email- karantarologo@gmail.comWhatsApp- 11 99193.0015Skype- carlos_karanFacebook- Carlos Karan IIICursos Karan- 11 - 98420.2077 (1).jpg

Bolo do Reis

O bolo de Reis tem sempre um presente e uma fava. Acredita-se na lenda que quem tirar o presente (a moeda nesse caso) diz que terá um ano prospero e quem tira a fava é o próximo a fazer o bolo de Reis no ano seguinte. Segue a baixo nossa receita de BOLO DE REIS.

bolo-de-reis

Ingredientes

  • ¾ xícara (chá) de açúcar;
  • 1 xícara (chá) de manteiga;
  • 4 ovos;
  • 1 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo;
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó;
  • ½ xícara (chá) de vinho do porto;
  • 1 maçã verde;
  • ½ xícara (chá) de cereja;
  • ½ xícara (chá) de ameixa preta;
  • ½ xícara (chá) de uvas passas;
  • ½ xícara (chá) de nozes picadas;
  • ½ xícara (chá) de frutas cristalizadas.
  • 1 MOEDA (Lave-a bem antes de colocar no bolo)
  • 1 FAVA

PASSO A PASSO

  • Em um recipiente coloque as ameixas, as uvas passas, as nozes, as frutas cristalizadas, as cerejas picadas, a maçã e o vinho do porto. Reserve no vinho por aproximadamente 2 horas para umedecer as frutas. Em um recipiente coloque o açúcar e a manteiga. Misture. Adicione os ovos e mexa. Acrescente a farinha e bata com auxílio de uma colher até obter uma massa lisa. Agregue as frutas reservadas e o fermento em pó. Coloque em uma assadeira redonda, untada e polvilhada. Coloque uma moeda de um lado do bolo e a fava do outro lado. Leve ao forno pré-aquecido 180°C por 30 a 35 minutos. A seguir, retire do forno e regue com o glacê. Decore com frutas secas.
  • GLACÊ: Coloque o açúcar em um recipiente e adicione o leite aos poucos. Mexa até adquirir consistência desejada.
  • DICA: Se desejar, coloque gotas de limão no glacê.

Sirva o bolo com um café quentinho.

A simbologia, a lenda e a real história que envolvem o bolo-rei

Por detrás do bolo-rei está toda uma simbologia com 2000 anos de existência. De uma forma muito resumida, pode dizer-se que esta doce iguaria representa os presentes que os três Reis Magos deram ao Menino Jesus aquando do seu nascimento. Assim, a côdea simboliza o ouro; as frutas, cristalizadas e secas, representam a mirra; e o aroma do bolo assinala o incenso.

Ainda na base do imaginário, também a fava tem a sua “explicação”. Reza a lenda que, quando os Reis Magos viram a estrela que anunciava o nascimento de Jesus, disputaram entre si qual dos três teria a honra de ser o primeiro a brindar o Menino. Com vista a acabar com aquela discussão, um padeiro confeccionou um bolo escondendo no seu interior uma fava. O Rei Mago a quem calhasse a fatia de bolo contendo a fava seria o primeiro a entregar o presente. O dilema ficou solucionado, embora não se saiba se foi Gaspar, Baltazar ou Belchior o feliz contemplado.

Historicamente falando, a versão é bem diferente. Os romanos usavam as favas para a prática inserida nos banquetes das Saturnais, durante os quais se procedia à eleição do Rei da Festa, também designado Rei da Fava. Este costume terá tido origem num jogo de crianças muito frequente durante aquelas celebrações e que consistia em escolher entre si um rei, tirando-o à sorte com as favas.

Este inocente jogo acabou por ser adaptado pelos adultos, que passaram a fazer uso das favas para votar nas assembleias. Dado aquele jogo infantil ser característico do mês de Dezembro, a Igreja Católica decidiu relacioná-lo com a Natividade e, depois, também com a Epifania (os dias entre 25 de Dezembro e 6 de Janeiro). Esta última data acabou por ser designada pela Igreja como Dia de Reis, altura em que algumas famílias, nomeadamente em Espanha, procuram manter a tradição, não só comendo o bolo-rei como aproveitando a ocasião para distribuir os presentes pelas crianças.

Para além desta, havia uma outra tradição, da qual poucos terão conhecimento, que afirmava que os cristãos deveriam comer 12 bolos-reis, entre o Natal e os Reis, festa que muito cedo começou a ser celebrada na corte dos reis de França. O bolo- -rei terá, aliás, surgido neste país, no tempo de Luís XIV, para as festas do Ano Novo e do Dia de Reis. Com a Revolução Francesa, em 1789, a iguaria foi proibida, mas, como bom negócio que era, os pasteleiros continuaram a confeccioná-lo sob o nome de gâteau des san-cullottes.

Por cá, depois da proclamação da República, a proibição do bolo- -rei esteve também prestes a acontecer. No entanto, passado esse período negro, a história deste bolo tem sido um sucesso e todas as confeitarias e pastelarias se enchem de clientes para adquirir o rei das iguarias nesta quadra festiva.

http://www.dn.pt/arquivo/2005/interior/a-simbologia-a-lenda-e-a-real-historia-que-envolvem-o-bolorei-633068.html

05/01 Buona Befana

La-Befana-Program-Cover2

Abaixo segue um resumo sobre o que é a festa de Befana hoje, em seguida segue um link contando mais sobre a história dela e dessa festa que tem origem no paganismo. Vale a pena o clique!!!

A Befana é uma personagem do folclore italiano, semelhante a Nicolau de Mira ou Papai Noel. A personagem pode ter-se originado no império romano, e depois estender-se como tradição por toda a Itália peninsular e em Ticino, parte italiana da Suíça.

Uma crença popular é que seu nome provém da celebração da Epifania, todavia, evidências sugerem que a Befana deriva da deusa sabina/romana denominada Strina.

Segundo o folclore popular, a Befana visita todas as crianças da Itália na noite de 5 para 6 de janeiro, para encher de caramelos suas meias (se se comportaram bem), ou com pedaços de carvão pedras (se foram malcomportadas).Sendo uma boa dona de casa, diz-se que varrerá o piso antes de sair. A tradição recomenda que as crianças da casa deixem uma garrafinha de vinho e uma porção de um prato típico ou local para a Befana.

A Befana é representada como uma velhinha de xale negro, coberta de fuligem porque entra nas casas pela chaminé. Ela voa montada numa vassoura, sempre sorri, e carrega um cesto cheio de doces e presentes (ou carvão).

Lenda

Segundo a tradição popular, os Três Reis Magos iam para Belém levar presentes para o Menino Jesus, e, em dúvida quanto ao caminho a seguir, resolveram pedir informações a uma velha. Ela tampouco sabia o caminho, mas convidou os visitantes a pernoitar em sua casa. Na manhã seguinte, em agradecimento pela acolhida, eles a convidaram a segui-los e visitar o Menino, mas ela lhes disse que estava muito atarefada. Mais tarde, porém, arrependeu-se e seguiu pelo caminho tomado pelos Magos, mas nunca mais conseguiu reencontrá-los.

Desde então, diz à lenda que ela para em todas as casas que encontra pelo caminho, dando doces às crianças na esperança de que um deles seja o Menino Jesus.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Befana

Mais sobre a festa de Befana você encontra no link abaixo. Divirta-se!

http://passeiosnatoscana.com/2013/12/29/a-festa-da-befana-na-italia-como-nasceu-a-lenda-2/

 

O anjo do nascimento

Arcanjo Gabriel 4Hoje vou falar um pouco sobre o Anjo do Nascimento, o Arcanjo Gabriel é o anjo da anunciação, é a ele incumbido de avisar a gestante de sua condição e de enviar-lhe seu assistente o anjo Armisael (anjo do útero) para acompanha-la e protege-la durante toda a gestação até o dia do parto quando o Arcanjo Gabriel retorna ao lado da gestante para auxiliar a parteira e proteger a mãe e o filho.
Gabriel é também quem anuncia a vinda de Jesus à terra e retorna para acompanhar o seu parto.
O Talmude aconselha a gestante ler o salmo 20 para facilitar o parto e também escrever uma carta ao Arcanjo e ao anjo antes do parto começar e queimar em vela de cera de abelha.
As mulheres de muito antigamente também se benziam com essência de jasmim, flor deste Arcanjo, para não sentirem dor durante o parto.
Antes da era de Cristo, Natal era todos os dias, pois significava apenas nascimento, era dia digno de festa quando seus filhos nasciam com vida.
Beijos estelares
Consultora Lasla

Bolo de Natal (Comemoração a árvore de saturnalia)

arvoreBolo de Natal (Comemoração a árvore de saturnalia)

Tempo de Preparo: 1h 00min Rendimento: 12 porções

Ingredientes

  • 3/4 de xícara (chá) de frutas cristalizadas picadas
  • 125 g de cerejas em calda escorridas e picadas
  • 1/2 xícara (chá) de ameixas pretas secas, picadas, sem caroço.
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-passas pretas
  • 1/2 xícara (chá) de nozes picadas
  • 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 4 ovos
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 xícara (chá) de leite condensado
  • Frutas cristalizadas, nozes e cerejas para decorar.

Glacê:

  • 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
  • 3 colheres (sopa) de leite
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão

Modo de preparo:

  1. Pré-aqueça o forno à 150ºC.
  2. Em uma tigela misture as frutas cristalizadas, as ameixas, as cerejas, as passas e as nozes com 1/3 de xícara (chá) de farinha de trigo.
  3. Reserve
  4. Em uma tigela grande bata a manteiga e o açúcar até ficar uma mistura fofa.
  5. Adicione os ovos, o fermento, a farinha e o leite condensado.
  6. Bata na batedeira até ficar homogênio.
  7. Acrescente à massa as frutas secas reservadas.
  8. Coloque em uma fôrma de furo central (22 cm de diâmetro) untada e polvilhada com açúcar e, se tiver alguma bolha de ar, bata em uma superfície até que saiam.
  9. Leve para assar por 45 minutos ou até que enfiando um palito ele saia limpo.
  10. Retire do forno e deixe uns 30 minutos na fôrma.
  11. Desenforme e deixe esfriar completamente.
  12. Misture os ingredientes do glacê e decore o bolo com colheradas dessa mistura e espalhe por cima as frutas secas.