Ciganos na Umbanda

coração ciganoA Linha dos Ciganos é uma linha de trabalhos espirituais já muito antiga dentro da Umbanda, e “juntamente com as falanges orientais carregam uma importância muito elevada”, sendo hoje cultuadas por todo um seguimento espírita e que se explica por suas próprias razões, elegendo a prioridade de trabalho dentro da ordem natural das coisas em suas próprias tendências e especialidades.

Assim, numerosas correntes ciganas estão a serviço do mundo imaterial e carregam como seus sustentadores e dirigentes aqueles espíritos mais evoluídos e antigos dentro da ordem de aprendizado, confundindo-se muitas vezes pela repetição dos nomes comuns apresentados para melhor reconhecimento, preservando os costumes como forma de trabalho e respeito, facilitando a possibilidade de ampliar suas correntes com seus companheiros desencarnados e que buscam no universo astral seu paradeiro, como ocorre com todas as outras correntes do espaço.  O povo cigano designado ao encarne na Terra, através dos tempos e de todo o trabalho desenvolvido até então, conseguiu conquistar um lugar de razoável importância dentro deste contexto espiritual, tendo muitos deles alçado a graça de seguirem para outros espaços de maior evolução espiritual, juntamente com outros grupos de espíritos, também de longa data de reencarnações repetidas na Terra e de grande contribuição, caridade e aprendizado moral.

Ao contrário do que se pensa os espíritos ciganos reinam em suas correntes preferencialmente dentro do plano da luz e positivo, não trabalhando a serviço do mau e trazendo uma contribuição inesgotável aos homens e aos seus pares, claro que dentro do critério de merecimento, tanto quanto qualquer outro espírito teremos aqueles que não agem dentro desse contexto e se encontram espalhados pela escuridão e a seus serviços, por não serem diferentes de nenhum outro espírito humano.

Trabalham preferencialmente na vibração da direita e aqueles que trabalham na vibração da esquerda, não são os mesmo espíritos de ex-ciganos, que se mantêm na direita, como não poderia deixar de ser, e, ostentam a condição de Guardiões e Guardiãs. O que existe são os Exus Ciganos e as Moças Ciganas, que são verdadeiros Guardiões à serviço da luz nas trevas, como todo Guardião e Guardiã dentro de seus reinos de atuação, cada um com seu próprio nome de identificação dentro do nome de força coletivo, trabalhando na atuação do plano negativo à serviço da justiça divina, com suas falanges e trabalhadores, levando seus nomes de mistérios coletivos e individuais de identificação, assunto este que levaria uma obra inteira para se abordar e não se esgotaria.

Contudo, encontramos no plano positivo falanges diversas, chefiadas por ciganos diversos, em planos de atuação diversos, porém, o tratamento religioso não se difere muito e se mantêm dentro de algumas características gerais. Imenso é o número de espíritos ciganos que alcançaram lugar de destaque no plano espiritual e são responsáveis pela regência e atuação em mistérios do plano de luz e seus serviços, carregando a mística de seu povo como característica e identificação.

Dentro os mais conhecidos, podemos citar os ciganos Pablo, Wlademir, Ramirez, Juan, Pietro, Pedrovick, Artemio, Hiago, Igor, Alejandro, Vitor e tantos outros, da mesma forma as ciganas, como Esmeralda, Carme, Sara Salomé, Carmensita, Rosita, Madalena, Manuela, Yasmin, Maria Dolores, Zaira, Sunakana, Sulamita, Wlavira, Iiarin, Sarita e muitas outras também. É imprescindível que se afirme que na ordem elencada dos nomes não existe hierarquia, apenas lembrança e critério de notoriedade, sem, contudo, contrariar a notoriedade de todos os outros ciganos e ciganas, que são muitos e com o mesmo valor e importância.

Por sua própria razão diferenciada, também diferenciado como dissemos é a forma de cultuá-los. Nesse sentido, é importante que se esclareça que a vinculação vibratória é de axé dos espíritos ciganos, tem relação estreita com as cores estilizadas no culto e também com os incensos, pratica muito utilizada entre ciganos. Os ciganos usam muitas cores em seus trabalhos, mas cada cigano tem sua cor de vibração no plano espiritual e uma outra cor de identificação é utilizada para velas em seu louvor. Uma das cores, a de vinculação raramente se torna conhecida, mas a de trabalho deve sempre ser conhecida para prática votiva das velas, roupas, etc.

Os espíritos ciganos gostam muito de festas e todas elas devem acontecer com bastante fruta, todas que não levem espinhos de qualquer espécie, podendo se encher jarras de vinho tinto com um pouco de mel. Podendo ainda fatiar pães do tipo broa, passando em um de seus lados molho de tomate com algumas pitadas de sal e leva-los ao forno, por alguns minutos, muitas flores silvestres, rosas, velas de todas as cores e se possível incenso de lótus.

As saias das ciganas são sempre muito coloridas e o baralho, o espelho, o punhal, os dados, os cristais, a dança e a música, moedas, medalhas, são sempre instrumentos magísticos de trabalho dos ciganos em geral. Os ciganos trabalham com seus encantamentos e magias e os fazem por força de seus próprios mistérios, olhando por dentro das pessoas e dos seus olhos.    .

É muito comum usar-se em trabalhos ciganos moedas antigas, fitas de todas as cores, folha de sândalo, punhal, raiz de violeta, cristal, lenços coloridos, folha de tabaco, tacho de cobre, de alumínio, cestas de vime, pedras coloridas, areia de rio, vinho, perfumes e escolher datas certas em dias especiais sob a regência das diversas fases da Lua… “

Trecho extraído do livro “Rituais e Mistérios do Povo Cigano”,
Autor: Nelson Pires Filho
Ed. Madras

Esmeralda de La Luna

Anúncios

O que são oferendas?

tumblr_mqoakjprco1rclpdvo1_500Normalmente tendem a fazer confusão entre “doação” e “oferenda”. Doação é algo que a pessoa dá de forma voluntária sem esperar nada de volta com isso, faz porque gosta ou porque deseja fazer, faz para ajudar e não para ser ajudado. No caso da Oferenda, não é algo voluntário. Se faz a Oferenda para agradar os guias e ser ajudado por eles e não para ajudar, eis aí a grande diferença!

  1. O que é oferenda e qual a sua finalidade?
    R- É tudo aquilo que se oferece para alguma entidade ou santo com o objetivo de conseguir forças e merecimento para se obter alguma coisa.
  2. O que representa para as entidades a Oferenda?
    R- Representa essencialmente a “energia da vida” ou o “sangue” que dá vida há alguma coisa.
  3. Quais os principais tipos de Oferendas?
    R- Existem praticamente quatro tipos diferentes:
    * Oferenda de origem vegetal: árvores, folhas, frutos, sementes e flores.
    * Oferenda de origem mineral: água, sal, carvão, ouro, prata, bronze, etc.
    * Oferenda de origem animal: bois, bodes, carneiros, galinhas, patos e muitos outros animais, que depois de extraído o sangue, serve de alimentos à comunidade.
    * Oferenda de origem financeira ou bens materiais: dinheiro, imóveis, automóveis e qualquer outro patrimônio ou objeto de valor material que uma pessoa pode ter.
  4. Como uma Oferenda pode ajudar uma pessoa a conseguir forças e merecimento para conquistar alguma coisa?
    R- Uma Oferenda, quando bem apresentada, eleva consideravelmente a força fluídica que se encontra ao redor do perispírito (energia perispiritual). Essa é uma das energias que as entidades manipulam e direcionam para ajudar na realização dos desejos.
  5. Como uma Oferenda deve ser apresentada?
    R- Com fé e muita reverência.
  6. Para quem devemos dar as Oferendas?
    R- Geralmente são oferecidas a uma ou mais entidades que fazem parte do culto ou da linha espírita de qual se trabalha.
  7. Como um bem ou um valor monetário que a pessoa tem pode resultar em benefícios se ela der em forma de Oferenda?
    R- A maioria das pessoas protege os seus bens de forma inconsciente através da emissão de energias fluídicas que os envolvem. O mesmo ocorre com o dinheiro. Quando a pessoa resolve abrir mão de algo que lhe pertence para fazer uma oferenda, a energia que envolve esse bem ou esse objeto pessoal se desprende dele e é manipulada e direcionada pelas entidades em prol do pedido do assistido.
  8. Por que o uso do dinheiro geralmente traz mais resultados para o assistido do que outros tipos de oferendas, como por exemplo, as de origem vegetal?
    R- Porque o dinheiro é um dos mais poderosos elementos que dispomos no plano físico depois do sangue. Como já dissemos antes, em volta desse objeto existe alta concentração de energia e as entidades precisam dela para agir em favor do assistido.
    Em nosso mundo praticamente todos desejam o dinheiro, desejam mantê-lo perto de si, desejam nunca ficar sem ele, desejam ainda lutar e trabalhar para conquistá-lo. Muitos desejam fazer qualquer coisa para atrair o dinheiro para si e outros, por sua vez, desejam coisas imagináveis e tudo isso tão somente para não perdê-lo. Todo esse desejo humano pelo dinheiro concentra nele a energia necessária que as entidades necessitam para atender aos pedidos, desde que permitido é claro, daí o motivo porque o dinheiro é muito usado como principal Oferenda em muitas casas e cultos espiritualistas.

 

Fonte desconhecida