Magia dos Nós

nosDesde que o homem deu o primeiro nó, este fascínio inspirou obras de arte e literatura, até chegar à religião onde tomou forte significado.

As referências religiosas de nó aparecem em quase todas as religiões, incluindo:

Católica – era tradicional quando chamando um santo católico a se ligar com uma pessoa, esta desse um nó para solicitar o contato.

Islã – no Islã Maomé foi curado por um nó e, morreu devido à maldição. A descoberta de desatar o nó quebrou a maldição de salvar a vida de Maomé. No Islã amarrar um nó na barba iria proteger do mau olhado. E enquanto nós em mar seria amarrado para acabar com ventos fortes e violentos. Também é proibido ter qualquer nó na roupa se for visitar Meca.

Budista – de acordo com o dicionário de Símbolos (Dicionário Penguin), a desvinculação de um nó é referido como um “processo de libação”.

Hinduísmo – nós são comumente associados com os deuses da morte. Em sociedades históricas o nó surgiu e foi registrado sua utilização nas culturas, e também desempenharam um papel importante em suas mitologias. Usados nos casamentos, e por tecelões como símbolos de união. Presos sobre a cabeça para evitar ataques do mal.

 Em magias e superstições a amarrar e desamarrar dos nós tem grande importância e pode ser usado para curar e orar.

A magia de nós tem suas origens há pelo menos 4.000 anos, quando as tabuletas cuneiformes foram confeccionadas no Oriente Próximo, descrevendo vários tipos de magia que envolve o uso de nós.

Apesar de ser conhecida em todas as culturas e provavelmente por todas as eras, a magia de nós está caindo em desuso atualmente e corre o risco de ser completamente esquecida.

Por que deveria uma forma de magia global, simples, prática e eficaz ser esquecida? Provavelmente pelo simples fato de ser simples e prática. Na maioria das vezes a magia tem sido adornada em rituais que beiram o absurdo: algo muito simples era desdenhado por aqueles que aprenderam rituais pomposos e estilizados.

A magia de nós ainda é tão poderosa quanto em 2000 a. C. e ainda pode ser utilizada hoje em dia com bons resultados.

Há muitos “remanescentes” da magia de nós na cultura contemporânea. Um dos focos de “remanescência” é o folclore, num costume ou superstição praticado ou lembrado por pessoas que esqueceram suas origens.

Por que amarramos um barbante ao redor de um dedo para nos lembrarmos de algo importante, por exemplo? O que exatamente significa a expressão em inglês “he’s bound to do it”? (“Ele está destinado a isso”, ou, literalmente, ele está ‘amarrado’ a isso”.)

Atar um nó de forma concreta, física, a uma ideia, concepção ou pensamento abstrato. Portanto, quando ata um nó ao redor de seu dedo, pensando na coisa que deseja lembrar posteriormente, você está estabelecendo uma conexão em sua mente entre nó (o físico) e o pensamento de que precisa se lembrar (o mental). Num plano mais mágico, você ata o nó não para se lembrar do assunto, mas para ter certeza de que você irá se lembrar dele.

A magia não é a repetição vazia de palavras e gestos; é uma experiência envolvente, com alta carga emocional, na qual as palavras e gestos são utilizados como pontos focais ou chaves para liberar o poder que todos nós possuímos. 

Fonte:

Como usar o Nó em Magia

http://www.circulosagrado.net/cs/magia/magianatural/magianos.php

14218113_1170642489646092_465038785_n

Um ritual para o Festival das Águas

08 de setembrognomos-2

Para os tibetanos , este é o dia de homenagear os duendes das Águas. Acreditando  que eles trazem boa sorte quando são lembrados neste dia .
Pegue uma  bacia com água e enche-a com ramos e folhas verdes .Tome um banho depois com essa água e deposite as folhas ao pé de uma árvore ou em água corrente . Pode ser  feito em qualquer dia ,  mais o ideal é fazer dia oito de setembro, para atrair boa sorte , fortuna .
Namastê
Email- karantarologo@gmail.comWhatsApp- 11 99193.0015Skype- carlos_karanFacebook- Carlos Karan IIICursos Karan- 11 - 98420.2077 (1)

Magia da Lua Cheia de Primavera

A lua Cheia do mês de setembro é especial para uma magia amorosa.

download

Coloque em um Pires sete pétalas de rosa e de deixe-o sob o luar  e faça um pedido de amor. No dia seguinte , conte quantas pétalas foram levadas pelo vento , quanto maior o número de pétalas desaparecidas  mais depressa você terá o seu pedido realizado.

Email- karantarologo@gmail.comWhatsApp- 11 99193.0015Skype- carlos_karanFacebook- Carlos Karan IIICursos Karan- 11 - 98420.2077 (1)

A poção Vinagre dos quatro Ladrões

Sem títuloA Europa foi assolada pela Peste Negra a qual se agravou devido às péssimas condições de higiene e saneamento. Milhares senão milhões padeceram devido à enfermidade que inicialmente era transmitida pela picada de pulgas de ratos, mas que evoluiu em outras formas, sendo também transmitida pelo ar e pelo sangue, ou seja, de pessoa para pessoa.

Cadáveres se decompunham aos montes nas ruas e em casas, pois faltavam pessoas para removê-los para fora das cidades e até a criminalidade havia diminuído pelo medo do contágio.

Mas um grupo de quatro ladrões saqueava as residências dos contagiados sem se contaminar e ao serem detidos foram indagados sobre o seu segredo ao que revelaram terem encontrado uma velha receita de uma poção magica de proteção em uma biblioteca, a qual lhes permitia entrar nas residências contaminadas sem que nada lhes acontecesse.

A receita foi divulgada para que a população se protegesse da peste e ficou conhecida como o Vinagre dos quatro Ladrões ou o Vinagre de Marseilles.

Esta receita foi (e ainda hoje é) usada para repelir contaminação por sua suposta composição antibacteriana, para repelir maus espíritos e proteger contra feitiços.

A base da receita é vinagre de vinho ou de maçã com alho macerado, acrescido de ervas, quatro no mínimo (um para cada ladrão rsrsrs)…

Ingredientes:

  • Para 1 litro de vinagre
  • 5 dentes de alho picado
  • 7,5 g de cânfora dissolvida em aguardente
  • 30 g de sálvia (secas)
  • 30 g de alecrim (seco)
  • 20 g de arruda fresca
  • 15 g de alfazema (secas)
  • 5 cravos moídos

Podendo ainda ser usadas:

  • Menta
  • Lavanda
  • Pimenta Negra (Preta)
  • Pimenta Caiena
  • Coentro
  • Pimenta Vermelha (dedo de moça)
  • Tomilho
  • Absinto
  • Anis Estrelado

Para o preparo você pode ferver o vinagre com o alho e após a fervura desligar o fogo e acrescentar as ervas, ou simplesmente macerar o alho e as ervas acrescentar o vinagre e deixar curtir por pelo menos uma semana, mexendo o vasilhame uma vez ao dia.

Uma dica, por sua utilização em limpeza e banimento, melhor se o preparo for feito no primeiro dia da lua minguante.

Usos do Vinagre de Quatro ladrões (Onde e Como usar o Vinagre de Quatro ladrões ):

  • Em banimento de feitiços e rituais
  • Em feitiços e rituais de proteção
  • Em cura, feitiços e rituais
  • Para limpar a negatividade (usá-lo como uma lavagem junto com sal o negro)
  • Para repelir uma pessoa indesejada
  • Em tempos de crise

Seguem-se algumas formas de aplicar o Vinagre dos Quatro Ladrões:

  • Para limpeza da casa: dissolver 200 ml de vinagre em meio balde de água e lavar o chão.
  • Para limpeza da aura e proteção contra negatividades: colocar algumas gotas nas mãos e esfregar o rosto, o pescoço, os antebraços e as pernas.
  • Para banhos de descarga: dissolver 100 ml em 3 litros de água morna e banhar o corpo do pescoço para baixo.
  • Para cura à distância: utilizar o vinagre para ungir velas de apelos.
  • Para repelir intrusos e visitas indesejadas: dissolver 1 colher de sopa de sal grosso em 2 colheres de sopa de vinagre e salpicar em volta da porta da rua.

Observação: Cuidado ao aplicar na pele quando a sua receita levar algum tipo de pimenta.

Além de oferecer proteção pessoal contra doenças e ataques mágicos, o Vinagre de Quatro Ladrões é usado para enviar as pessoas indesejadas para longe, ou para fazer uma briga de família se desfazer entre si. Ele pode ser aspergido ou jogado contra a porta de um inimigo, sempre em uso externo.

Nota importante: Existem várias versões do Vinagre dos Quatro Ladrões, incluindo alguns vinagres para tempero de alimentos. Porém, o mais fiel ao original não deve, de forma alguma, ser ingerido. A receita original contém várias plantas tóxicas e, ainda por cima, em quantidades bastante generosas. Para não correr riscos, nunca prepare este vinagre para alimentação utilizando uma receita de fonte duvidosa. Da mesma forma, deve certificar-se que o Vinagre dos Quatro Ladrões é próprio para consumo se, porventura, o encontrar à venda como tempero.

Pesquisa realizada por Marcelo Sowellu

Ritual para queima de carma

downloadEste é um ritual para queimar 80% de seu carma e aconselho que seja feito uma vez ao ano. Em uma lua minguante queime uma peça de roupa sua. Se houver relacionamentos mal terminados queime uma peça de roupa que usou com a pessoa.

Banho Cigano

coração ciganoEsta é a receita de um banho que os ciganos dão em suas crianças logo quando nascem. É um banho para trazer sorte, amor, prosperidade, harmonia…

Anote aí!

Em 1 litro de água fervida abafe:banhos

  • Pétalas de rosas sortidas
  • Manjericão
  • Hortelã
  • Cravo da Índia
  • Canela em pau
  • 1 taça de vinho tinto suave
  • 1 colher de sopa de Mel
  • 7 moedas douradas
  • 1 peça de ouro
  • Cristais (ametistas, quartzos, turmalinas…)
  • Borrife seu perfume predileto

Deixe “curtir” por pelo menos uns 20 minutos. Deixe amornar, tome seu banho normalmente e por último acaricie-se com o banho cigano. Pegue a água e as ervas e vá deslizando por todo seu corpo, mentalizando seus caminhos se abrindo e claro todos os seus desejos de felicidade sendo realizados.

As ervas devem ser jogadas na terra (em um jardim ou vaso de flores), a peça de ouro, as moedas e os cristais, podem e devem ser guardados e usados.