Pizza do AMOR!

27492216-en-forme-de-coeur-de-pizza-au-fromage-et-a-la-tomate-sur-les-cartes-anciennes.jpg

Olá, Tudo bem? Já estou sabendo que você sentiu nossa falta.

Tivemos muitas atividades mágicas e reestruturações, elas continuarão intensas até o final de domingo (15/05/2016) quando acontece a Convenção de Magia em Paranapiacaba. Confira os links da convenção no menu/agenda.

E essa hora já sabemos que você está com fome e as vezes essa fome ela é conjunta “Momento fome com seu amor”, muitas vezes ela acontece lá pelas 21h e o que fazer sem sujar muitas coisas mas, que seja diferente e você ainda possa apimentar mais a sua noite? Depois de muitas sugestões elegemos a “PIZZA DO AMOR”.

Por que dizemos isso? Apesar de salgada, identificamos que muitos dos seus ingredientes são regidos pela Lua e por Júpiter, responsáveis pelo amor, docilidade e alegria. Outro ingrediente que tem um papel importante nessa receita é o orégano, regido por Marte, traz as tomadas atitudes nesse amor, o orégano também conhecido com erva da felicidade e comunicação.

sal-nao-e-vilao-semprebella.jpgDevemos ressaltar um ingrediente importantíssimo, O SAL, regido por Saturno, também conhecido como “o pai severo e justo”, se não for dada a devida importância como: quantidade e qualidade, pode comprometer totalmente a receita colocando tudo a perder (muito sal estraga o sabor e pouco sal não há sabor) então é necessário que seja na medida.

Ingredientes para nossa PIZZA DO AMOR

PARA A MASSA

  • 2 e 1/2 xícaras de farinha de trigo (Lua)
  • 1 colher de sopa de manteiga (Lua)
  • 1 colher de chá rasa de sal (Saturno)
  • 1 copo americano de leite morno (Lua)

PARA O RECHEIO

  • 1 embalagem de molho de pizza pronto (tomate: Júpiter)
  • 200g de mussarela (Lua)
  • 1 tomate fatiado (Júpite)
  • Orégano a gosto (Marte)

MODO DE FAZERPizza-de-Frigideira-com-Massa-Caseira-Deliciosa-mq7k79ao2r358n6kq825gj00zz3u77lv34dyoe0cdo

  1. Em uma tigela, junte a farinha, a manteiga, o sal e o leite morno. Mexa bem até o leite ser absorvido pela massa.
  2. Coloque a massa em uma bancada enfarinhada e sove até ela desgrudar das mãos. Se necessário, acrescente mais um pouco de farinha.
  3. Divida a massa em 4 partes iguais e abra uma a uma com um rolo.
  4. Coloque na frigideira antiaderente, em fogo médio e asse até o ponto desejado.
  5. Vire a massa, desligue o fogo e coloque o molho de tomate, fatias de mussarela e de tomate e salpique o orégano.
  6. Religue o fogo e coloque uma tampa na frigideira para assar o outro lado da massa e aquecer o seu recheio.
  7. Dica: Você pode usar o recheio de sua preferência, por exemplo, frango com catupiry, escarola com queijo, 4 queijos (mussarela, parmesão, catupiry e provolone), calabresa com queijo, entre outros.

Nota: Não vai fermento

Gostou? Quer mais? Logo teremos mais receitas maravilhosas e mágicas aqui no nosso blog do Cartomantes de Sara.

Optchá!

Canal no Youtube

Olá Pessoal agora o Cartomantes de Sara tem um canal no Youtube, é isso mesmo.

Segue nosso Link do nosso canal e confira nosso primeiro vídeo de boas vindas!

 

Cartomantes de Sara agora tem um canal no

https://www.youtube.com/channel/UC38XVCmi67L2mOjBr8aixfA

 

 

Lembre-se estamos com a PROMOÇÃO AMOR Valentine’s Day 1,50 o minuto. APROVEITE

Olá Pessoal, eu sou a Lili (2)

 

Bolo do Reis

O bolo de Reis tem sempre um presente e uma fava. Acredita-se na lenda que quem tirar o presente (a moeda nesse caso) diz que terá um ano prospero e quem tira a fava é o próximo a fazer o bolo de Reis no ano seguinte. Segue a baixo nossa receita de BOLO DE REIS.

bolo-de-reis

Ingredientes

  • ¾ xícara (chá) de açúcar;
  • 1 xícara (chá) de manteiga;
  • 4 ovos;
  • 1 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo;
  • 1 colher (sobremesa) de fermento em pó;
  • ½ xícara (chá) de vinho do porto;
  • 1 maçã verde;
  • ½ xícara (chá) de cereja;
  • ½ xícara (chá) de ameixa preta;
  • ½ xícara (chá) de uvas passas;
  • ½ xícara (chá) de nozes picadas;
  • ½ xícara (chá) de frutas cristalizadas.
  • 1 MOEDA (Lave-a bem antes de colocar no bolo)
  • 1 FAVA

PASSO A PASSO

  • Em um recipiente coloque as ameixas, as uvas passas, as nozes, as frutas cristalizadas, as cerejas picadas, a maçã e o vinho do porto. Reserve no vinho por aproximadamente 2 horas para umedecer as frutas. Em um recipiente coloque o açúcar e a manteiga. Misture. Adicione os ovos e mexa. Acrescente a farinha e bata com auxílio de uma colher até obter uma massa lisa. Agregue as frutas reservadas e o fermento em pó. Coloque em uma assadeira redonda, untada e polvilhada. Coloque uma moeda de um lado do bolo e a fava do outro lado. Leve ao forno pré-aquecido 180°C por 30 a 35 minutos. A seguir, retire do forno e regue com o glacê. Decore com frutas secas.
  • GLACÊ: Coloque o açúcar em um recipiente e adicione o leite aos poucos. Mexa até adquirir consistência desejada.
  • DICA: Se desejar, coloque gotas de limão no glacê.

Sirva o bolo com um café quentinho.

A simbologia, a lenda e a real história que envolvem o bolo-rei

Por detrás do bolo-rei está toda uma simbologia com 2000 anos de existência. De uma forma muito resumida, pode dizer-se que esta doce iguaria representa os presentes que os três Reis Magos deram ao Menino Jesus aquando do seu nascimento. Assim, a côdea simboliza o ouro; as frutas, cristalizadas e secas, representam a mirra; e o aroma do bolo assinala o incenso.

Ainda na base do imaginário, também a fava tem a sua “explicação”. Reza a lenda que, quando os Reis Magos viram a estrela que anunciava o nascimento de Jesus, disputaram entre si qual dos três teria a honra de ser o primeiro a brindar o Menino. Com vista a acabar com aquela discussão, um padeiro confeccionou um bolo escondendo no seu interior uma fava. O Rei Mago a quem calhasse a fatia de bolo contendo a fava seria o primeiro a entregar o presente. O dilema ficou solucionado, embora não se saiba se foi Gaspar, Baltazar ou Belchior o feliz contemplado.

Historicamente falando, a versão é bem diferente. Os romanos usavam as favas para a prática inserida nos banquetes das Saturnais, durante os quais se procedia à eleição do Rei da Festa, também designado Rei da Fava. Este costume terá tido origem num jogo de crianças muito frequente durante aquelas celebrações e que consistia em escolher entre si um rei, tirando-o à sorte com as favas.

Este inocente jogo acabou por ser adaptado pelos adultos, que passaram a fazer uso das favas para votar nas assembleias. Dado aquele jogo infantil ser característico do mês de Dezembro, a Igreja Católica decidiu relacioná-lo com a Natividade e, depois, também com a Epifania (os dias entre 25 de Dezembro e 6 de Janeiro). Esta última data acabou por ser designada pela Igreja como Dia de Reis, altura em que algumas famílias, nomeadamente em Espanha, procuram manter a tradição, não só comendo o bolo-rei como aproveitando a ocasião para distribuir os presentes pelas crianças.

Para além desta, havia uma outra tradição, da qual poucos terão conhecimento, que afirmava que os cristãos deveriam comer 12 bolos-reis, entre o Natal e os Reis, festa que muito cedo começou a ser celebrada na corte dos reis de França. O bolo- -rei terá, aliás, surgido neste país, no tempo de Luís XIV, para as festas do Ano Novo e do Dia de Reis. Com a Revolução Francesa, em 1789, a iguaria foi proibida, mas, como bom negócio que era, os pasteleiros continuaram a confeccioná-lo sob o nome de gâteau des san-cullottes.

Por cá, depois da proclamação da República, a proibição do bolo- -rei esteve também prestes a acontecer. No entanto, passado esse período negro, a história deste bolo tem sido um sucesso e todas as confeitarias e pastelarias se enchem de clientes para adquirir o rei das iguarias nesta quadra festiva.

http://www.dn.pt/arquivo/2005/interior/a-simbologia-a-lenda-e-a-real-historia-que-envolvem-o-bolorei-633068.html

Bolo de Natal (Comemoração a árvore de saturnalia)

arvoreBolo de Natal (Comemoração a árvore de saturnalia)

Tempo de Preparo: 1h 00min Rendimento: 12 porções

Ingredientes

  • 3/4 de xícara (chá) de frutas cristalizadas picadas
  • 125 g de cerejas em calda escorridas e picadas
  • 1/2 xícara (chá) de ameixas pretas secas, picadas, sem caroço.
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-passas pretas
  • 1/2 xícara (chá) de nozes picadas
  • 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de manteiga em temperatura ambiente
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar
  • 4 ovos
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 xícara (chá) de leite condensado
  • Frutas cristalizadas, nozes e cerejas para decorar.

Glacê:

  • 1 xícara (chá) de açúcar de confeiteiro
  • 3 colheres (sopa) de leite
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão

Modo de preparo:

  1. Pré-aqueça o forno à 150ºC.
  2. Em uma tigela misture as frutas cristalizadas, as ameixas, as cerejas, as passas e as nozes com 1/3 de xícara (chá) de farinha de trigo.
  3. Reserve
  4. Em uma tigela grande bata a manteiga e o açúcar até ficar uma mistura fofa.
  5. Adicione os ovos, o fermento, a farinha e o leite condensado.
  6. Bata na batedeira até ficar homogênio.
  7. Acrescente à massa as frutas secas reservadas.
  8. Coloque em uma fôrma de furo central (22 cm de diâmetro) untada e polvilhada com açúcar e, se tiver alguma bolha de ar, bata em uma superfície até que saiam.
  9. Leve para assar por 45 minutos ou até que enfiando um palito ele saia limpo.
  10. Retire do forno e deixe uns 30 minutos na fôrma.
  11. Desenforme e deixe esfriar completamente.
  12. Misture os ingredientes do glacê e decore o bolo com colheradas dessa mistura e espalhe por cima as frutas secas.

 

 

Rabanada de panetone (Natal pagão)

rabanada-postRabanada de panetone

(Natal pagão)

Tempo de Preparo: 40min Rendimento: 8 porções

Ingredientes

  • 1 panetone de 500 g fatiado
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 latas de leite comum
  • 3 ovos
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 1 xícara de chá de uvas passas
  • 100 g de coco em flocos

 

Modo de preparo:

  1. Misture o leite condensado, o leite comum, os ovos e a essência de baunilha.
  2. Em um refratário coloque o panetone fatiado.
  3. Sobre ele a mistura de leite condensado, as uvas passas e a coco em flocos.
  4. Leve ao forno pré-aquecido por 30 minutos ou até que doure.
  5. Sirva morno ou se quiser gelado.

 

Por Bruxa Lili

Torta coringa Lili

tortaPara usar nos intervalos das refeições ou lanche da tarde

3 xicaras de farinha de trigo

2 xicaras de leite

1/2 óleo

3 ovos

1 colher de sal

Tomate, nozes, castanhas, orégano, milho, cebola se quiser pode colocar peixes, ou carne seca, calabresa.

Em junho substitua por pinhão, e milho.

 

Receita da Bruxa Lili

Pernil da Prosperidade

12398666_10207098485254237_1214516207_o1 kilo de pernil picado – deixe marinar no sal e limão algumas horas antes do cozimento.

Em uma panela cozinhar no seu próprio caldo acrescentando água se for necessário. Após cozido acrescente pimentão picado, azeitonas, sementes de papoula, cebola e abençoe com o sal.